Como prevenir diabetes com vitamina D?

Diabetes, pré-diabetes, síndrome metabólica e obesidade são doenças que são diretamente ligadas a estas situações: colesterol oxidado, triglicérides, pressão alta e gordura no fígado.

E entre os suplementos essenciais para derrubar todas essas doenças e condições está a vitamina D3.

O que é a Vitamina D3?

Apesar do nome, a vitamina D3 é na verdade um hormônio porque é produzida pelo nosso próprio organismo, a partir do contato da radiação solar com a pele.

Seus efeitos no organismo ocorrem de modo similar à atuação dos hormônios, que agem influenciando as vias metabólicas, as funções celulares e a expressão de um número incontável de genes. Não é difícil imaginar que isso trouxe e sempre trará consequências.

Vitamina D3 é um verdadeiro remédio natural

Além de ser comprovada eficiente para o combate de Alzheimer, depressão e doenças autoimunes, a vitamina D3 tem dois potenciais extremamente desejáveis para quem sofre de diabetes e problemas metabólicos:

  • Evita e previne o diabetes tipo 1 (considerado por muitos uma sentença que não há escapatória) e;
  • Reverte e regride o diabetes tipo 2 (também avaliado como uma condição irreversível).

Os estudos ainda mostram que a deficiência desse hormônio se correlaciona com alteração de sensibilidade à insulina. Portanto, é imprescindível manter os níveis de vitamina D3 em valores ótimos para tratar o diabetes.

quiz diabetes dr rondó

Como tratar diabetes com vitamina D3?

O caminho natural para prevenir diabetes tipo 1

O diabetes tipo 1 acomete principalmente crianças e adolescentes e é abordado pelos médicos como uma doença autoimune. Por razões ainda não muito claras, em alguns organismos, o pâncreas simplesmente perde a capacidade de produzir insulina.

O estudo organizado pelo Departamento de Medicina da Universidade de Alberta, no Canadá, e publicado na revista científica Canadian Family Physician sugere que administrar vitamina D3 já na infância (2.000 UI por dia) é o suficiente para evitar que este problema de saúde apareça. O risco é reduzido em 80%.

Diabetes tipo 2 tem cura

No caso do diabetes tipo 2, estudos apontam que pessoas com maior nível de vitamina D3 têm menos riscos de desenvolver a doença. O Dr. Wilson Rondó Jr., nutrólogo e especialista da Jolivi, indica que, para ter um organismo protegido de doenças, os níveis de vitamina D3 devem ser entre 80 a 100 ng/mL.

Um importante estudo, publicado na revista Diabetology & Metabolic Syndrome, da BMC, uma das mais renomadas publicações científicas, acompanhou 100 pacientes com diabetes tipo 2, com idades entre 30 e 70 anos.

Todos os participantes foram submetidos à análise clínica e em todos havia baixa dosagem de vitamina D3. Então eles foram acompanhados por oito semanas e neste período receberam 50.000 UI/dia.

Resultado: melhora de 20% da taxa da insulina em apenas 8 semanas! Os estudiosos concluíram que a indicação por suplementação colabora para reduzir a resistência à insulina.

Onde encontrar vitamina D?

A melhor maneira de equilibrar os níveis de vitamina D3 no sangue é se expor ao sol, de modo sadio e sem protetor solar, todos os dias por cerca de 30 minutos das 11h às 14h, no horário de sol alpino.

Os seus níveis de vitamina D3 devem ser por volta de 80 ng/mL, recomenda Dr. Rondó. Dependendo da sua situação e os médicos podem ou não aumentar essa dosagem.

Se necessário, associe um suplemento oral de vitamina D3, junto com magnésio e vitamina K para o seu efeito sinérgico.

Gostou da recomendação de vitamina D3? Comente e compartilhe com seus amigos.

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos
sobre saúde natural: