Buscar

Uma solução natural para combater a ansiedade

Maior Menor
Lara Gabriela Cerqueira

Lara Gabriela Cerqueira

Nutricionista especializada em fitoterapia

CRM: CRN5 - 7899

A nutricionista e especialista da JOLIVI, Lara Gabriela, conta como controlar a ansiedade, mal que acomete quase 19 milhões de brasileiros, sem o uso de medicamentos alopáticos

 

Olá, tudo bem? É um prazer falar com você.

Em algum momento da sua vida, você já deve ter se sentido ansioso, não é mesmo?

Na véspera de uma consulta com o médico, para uma apresentação importante ou para uma data que você tanto espera. Até porque a ansiedade é uma reação normal do corpo. Porém, quando essa sensação é acompanhada de fortes sintomas que costumam aparecer com frequência no seu dia dia, isso se torna preocupante.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) quase 19 milhões de brasileiros têm ansiedade, o que coloca o Brasil no ranking de país mais ansioso do mundo.

A ansiedade como patologia é acompanhada de sintomas como; palpitações e dores no peito, tensão muscular, dificuldade de concentração, indisposição, insônia, entre outros. E, na maioria dos casos, a medicina tradicional indica para a ansiedade os benzodiazepínicos, como o Rivotril, e é aí que está o perigo.

Mas, como você sabe, eu sou nutricionista e professora especializada em fitoterapia e meus estudos e experiência no consultório mostram que é possível se livrar de sintomas tão delimitantes com o apoio de plantas medicinais — e sem a necessidade de medicamentos.

Foi o que aconteceu com a Larissa Arnold. Hoje vou contar a história dela para você.

 

‘Me tratei apenas com chás e nunca precisei de medicamentos’

Larissa Arnold é minha aluna e se queixava de crises constantes de ansiedade. Ela, conta, manifestava palpitações, nervosismo, insônia e medo a cada preocupação. Mas, assim como eu, Larissa é amante de chás. Com o apoio da fitoterapia, que oferece alternativas naturais que funcionam tão bem quanto os ansiolíticos, ela obteve resultados que mudaram sua vida.

“Antes de conhecer a Lara e seguir suas recomendações, qualquer coisa era motivo para uma crise de ansiedade. Como o simples fato de eu precisar ir ao mercado, por estarmos no meio da pandemia. Passava a madrugada ansiosa, sem dormir, chorando e com medo. Comecei o tratamento com os chás sugeridos pela Lara e sou muito grata por não ter precisado de medicamentos. Hoje estou muito melhor e com a ansiedade controlada”.

Antes que eu te conte quais ervas a Larissa usou e como você pode encontrá-las para fazer seus chás, preciso da sua atenção. Se você toma medicamentos como o Rivotril, preciso te contar um dado alarmante e te propor uma conversa com o seu médico.

 

A droga que te torna dependente

Uma pesquisa realizada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em conjunto da Universidade da Colúmbia Britânica, apontou que o uso de medicamentos benzodiazepínicos pode causar abstinência e dependência. 

Usar esses remédios de forma indiscriminada para ansiedade causa o risco de morte maior do que uso de drogas como cocaína e heroína. Esses medicamentos têm o poder de atingir seu sistema nervoso central, provocando alterações cognitivas e psicomotoras.

Além de que, a interrupção do uso contínuo apresenta várias sequelas e efeitos colaterais apresentados em pacientes que interromperam o tratamento de forma abrupta, como calafrios, irritação, tontura, vômito e náusea, para citar alguns.

Por isso, mesmo que você faça o uso de qualquer medicamento para tratar a ansiedade e decida mudar de rota, é preciso que você fale com o seu médico. Ele dará orientação sobre um desmame gradual e acompanhado.

 

Anote as ervas que livraram Larissa da ansiedade


Não é novidade que os componentes presentes nas plantas podem trazer inúmeros benefícios para nossa saúde. Mas não basta apenas usar, e sim saber usá-las.

Antes de preparar o seu chá, eu sempre digo que é importante saber que existem três técnicas para prepará-lo, que são infusão, decocção e maceração, e isso eu explico com mais detalhes no meu Tutorial do Chá Perfeito.

Entre as plantas utilizadas pela Larissa para a ansiedade estava a infusão de capim-limão. Estudo da Universidade Federal de Sergipe atestou o efeito ansiolítico do aroma de capim-limão através do uso de óleo essencial. Ele também pode ser uma boa pedida em momentos de ansiedade. 

Neste caso, em momentos de crise, pingue duas gotas de óleo essencial nos pulsos, friccione os pulsos e depois cheire. Respirar o aroma do chá também pode ajudá-lo. Na hora de comprar o seu chá ou mesmo óleo essencial, lembre-se de buscar pela qualidade. Também procure pelo nome científico do capim-limão, o Cymbopogon citratus.

Agora que já anotou as dicas, sinta-se à vontade para colocá-las em prática. Usufrua de tudo o que a natureza tem para nos oferecer. Para descobrir o poder das plantas medicinais para combater doenças como hipertensão, diabetes e refluxo, convido você a conhecer o meu projeto Plantas & Bem-Estar, aqui na Jolivi.

Lara Gabriela Cerqueira

Lara Gabriela Cerqueira

Nutricionista especializada em fitoterapia

CRM: CRN5 - 7899

Conteúdos Relacionados