Testosterona de volta com a maca peruana

Maior Menor

Nas últimas semanas, me deparei com esta notícia no jornal O Estado de S. Paulo.

testosterona maca peruana

Esta não é a primeira vez que o Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade, o ICTQ, promove este levantamento.

O que me assusta, porém, é que a cada ano este número salta e, em 2018, 80 por cento das pessoas assumem que tomam drogas sintéticas sem prescrição.

Agora reflita.

Eu e você, que já sabemos os riscos que os remédios trazem à nossa saúde, mesmo quando prescritos pelos médicos.

Agora imagina quando ingeridos por conta própria.

No meu radar de preocupação com os remédios tomados feito bala, o Viagra e seus similares ocupam lugar de destaque.

Viagra vendeu 45% a mais em dois meses

No ano passado, um levantamento publicado pela Revista Exame mostrou que no mês de julho foram comercializadas 800 mil caixas deste comprimido, 45 por cento a mais do que as 550 mil vendidos no mês de maio do mesmo ano.

Atrás destas cifras estão homens desesperados, que colocam seu sistema cardiovascular em risco e pior de tudo: a cada pílula que consomem ficam ainda mais afastados da solução realmente eficaz para recuperar a potência e a libido.

Justamente por isso, hoje, eu decidi compartilhar a história de um homem que decidiu mudar a rota do seu envelhecimento e seguir as recomendações naturais para reencontrar o prazer dentro e fora do quarto.

Veja também: você não precisa ser menos homem hoje do que era aos 30 anos

Testosterona de um garoto de 18 anos

Falo do Ortiz, de 75 anos. Ele é um dos assinantes aqui da casa e está há quase um ano sem tomar Viagra porque ele nunca mais precisou.

Entre uma série de inclusões e alterações em sua rotina, o Ortiz passou a usar a maca peruana.

testosterona maca peruana

O uso deste tubérculo apresenta, como benefícios, o aumento da libido e estimula a produção de testosterona.

Ele é um exemplo vivo do que a ciência diz.

Os benefícios da maca peruana

Um estudo duplo-cedo, controlado por placebo e divulgado pela publicação científica Andrologia, do grupo Elsevier em 2002, acompanhou homens com idade entre 21 e 56 anos por 12 semanas.

Estes homens foram divididos em três grupos:

Grupo 1 – Recebeu suplementação de 1.500 mg de maca peruana em duas doses
Grupo 2 – Recebeu suplementação de 3.000 mg de maca em duas doses/ dia
Grupo 3 – Recebeu placebo (pílula de mentira, sem nenhum princípio ativo)

Os homens que foram “tratados” com maca peruana perceberam melhora no desejo sexual a partir do segundo mês do consumo, enquanto a mudança não foi percebida naqueles que receberam o placebo.

Os resultados do Ortiz não são mostrados apenas pelo seu aumento de libido e desempenho sexual (confirmados por sua namorada), mas também nos exames de sangue.

E o Ortiz, que incluiu a maca peruana em sua vida e afirmou, em mensagem que ele me enviou:

Dr. Carlos, estou cada vez melhor. Até o meu médico se surpreendeu. No início do ano, estava com a testosterona a 300. Agora, nos últimos exames, minha testosterona estava em 647. Segundo o laboratório, este é um nível adequado para meninos de 18 anos. Eu… estou com 75.

Agora eu te pergunto. Você prefere os resultados obtidos pelo Ortiz ou alguns dos efeitos colaterais já reconhecidos do Viagra?

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural: