Detox: O segredo para aproveitar o melhor dele

Maior Menor

Quer saber como aproveitar o melhor do detox?

O assunto de hoje  é providencial, visto que o material oferece um passo além do que é pregado por aí.

Digo isso porque aposto tudo que tenho (não é muito, mas vá lá) no fato de que, com certeza, você já escutou o conselho/advertência: “para a saúde, você precisa comer vegetais”, certo?

Ok, como previ, não está aqui nenhuma novidade.

Entretanto, apesar deste mantra ser repetido há anos, fico realmente impressionada com a estatística do Ministério da Saúde.

Atualmente, 75% da população adulta simplesmente não come a quantidade de vegetais e hortaliças na quantidade adequada para a proteção do organismo e bem-estar. Isso significa que você e o seu colega de trabalho, muito provavelmente, sabem que precisam comer mais frutas e legumes. Mas não conseguem cumprir com este simples ato ao menos cinco vezes por semana, como seria recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

E a fatura disso vem da pior maneira possível.

Já fazemos parte da geração que não vai viver tanto como os nossos avós. Novembro de 2016 foi o primeiro mês dos tempos modernos em que a expectativa de vida diminuiu em relação à do mês anterior, nos Estados Unidos. E a projeção dos pesquisadores de Harvard é que a curva da expectativa de vida vai começar a desabar. O que é desesperador para este cenário é que as respostas e as soluções para ele estão definitivamente nela, na alimentação.

O maior instrumento

Mas, como aprendi com o Dr. Lair Ribeiro, nutrólogo, cardiologista e consultor da Jolivi, é muito difícil que as pessoas sejam plenamente conscientizadas sobre a importância da chamada terapia nutricional, uma vez que hoje somos marcados por uma “lavagem cerebral” em prol dos remédios.

Os médicos, muito dedicados aos seus pacientes e ao que aprenderam na graduação, acabam “igualados” no receituário, uma vez que a indústria farmacêutica domina o patrocínio de universidades, congressos e até produção científica.

O problema é que com isso, toda a população, acaba distante daquele instrumento que o Dr. Lair diz ser o “mais poderoso instrumento de transformação da vida e da saúde”.

Sabe qual é?

O Garfo para o detox.

Em sendo assim, caro leitor da Jolivi, utilize seu garfo para inserir mais vegetais e hortaliças em sua alimentação diária, especialmente os de cor verde escuro. Brócolis, couve e couve de Bruxelas, por exemplo, são formados por isotiocianatos que regulam o processo da eliminação de toxinas e das substâncias cancerígenas.  Ou seja, eles são fundamentais para o detox, o caminho necessário a ser percorrido por quem busca a cura.

Três minutos fatais

Agora deixei para o final a dica de ouro do Dr. Lair.

Quando for cozinhar a couve-flor ou brócolis, por exemplo, não deixe os vegetais por mais de dois minutos no vapor.

Se você cozinha por muito tempo este tipo de alimento, a mirosinase, será destruída e os componentes mais poderosos destes tipos de vegetais vão – literalmente – para o ralo.

Os três minutos podem ser fatais para as propriedades terapêuticas deste alimento, entende?

Além disso, esqueça o micro-ondas. Nenhum legume, nenhuma verdura e nenhuma fruta deve ser cozido ou esquentado no micro-ondas porque você inativa compostos bioativos.

Anotou?

Então agora posso passar a palavra definitiva para o Dr. Lair para que ele explore um dos melhores remédios terapêuticos do mundo.

 

 Conselho do Dr. Lair Ribeiro

Reinventando a si mesmo

Se você pretende ser uma pessoa mais feliz, próspera, bem-sucedida e de bem com a vida, não deixe passar em branco a oportunidade que se abre quando se instala uma crise de identidade. Quando isso lhe acontecer, agarre essa chance e embarque em uma viagem rumo a um território desconhecido: você!

É a sua oportunidade de reinventar-se e, consequentemente, de mudar sua história de vida! Em vez de ficar se lamentando pelo que passou ou adiando a sua felicidade para o futuro, comece a viver o aqui e agora. Fazer isso não é tão simples como trocar de roupa ou mudar radicalmente o visual. Exige muito empenho e determinação, pois se trata de uma mudança que começa lá dentro e, pouco-a-pouco, vai se refletindo no seu exterior.

Primeiro, fique atento às novas possibilidades de enxergar o mundo. Há muitas maneiras de enxergar o mundo, mas quase sempre preferimos ficar com uma, que nos aloja numa zona de conforto, que não-necessariamente é o melhor lugar onde poderíamos estar. Muitas vezes, tudo de que precisamos para nos reencontrar é sair da zona de conforto e olhar o mundo com outros olhos.

Só podemos viver melhor o presente e criar o futuro que quisermos para nós se refizermos a parte do nosso passado que nos gera sofrimento e dor; se jogarmos fora a pesada bagagem emocional que nos impede de caminhar suavemente pela vida. Na verdade, tudo o que você tem de fazer é trocar a cor das lentes com as quais você olha para pontos nevrálgicos da sua vida. Tem de fazer uma reinterpretação dos fatos para ressignificar o passado, alterando sua influência no presente e, por conseqüência, no futuro.

Cedo ou tarde, quase todo mundo é convocado a enfrentar o passado. O que aconteceu, aconteceu, não pode ser modificado. Mas você pode modificar a sua maneira de ver, de compreender e de sentir fatos que aconteceram na sua vida.

Isso é possível por que somos animais lingüísticos, e porque a interpretação que fazemos dos fatos costuma ser mais relevante que o acontecimento em si. Portanto, muda-se a interpretação e o fato ganha outro significado.

A significação dos fatos que aconteceram no passado é feita a partir de nosso sistema de crenças, que quase sempre é formado na primeira infância (fase que vai do nascimento até os 7 anos de idade, aproximadamente). Mas a qualquer momento é possível trazer à tona uma crença ou um acontecimento dar-lhe outra interpretação.

Reinterpretando de modo positivo um fato que o marcou negativamente, você transforma trauma em experiência. Lembre-se de que só você tem poder sobre a sua vida. Você é o único responsável por ela; portanto, em vez de ficar se lamentando pela bronca que levou do seu pai quando era pequeno ou de ter sido humilhado pelo seu chefe diante seus colegas, vá a luta e transforme seus traumas em experiências de vida! Tire proveito dos acontecimentos do passado como verdadeiras lições para o futuro e liberte-se do insuportável fardo que o impede de seguir em frente!

Faça uma visita ao passado, mas a partir do que você é agora, com toda a sua bagagem de vida. Certamente, visto sob um novo ponto de vista, aquilo que você codificou como trauma até que não foi tão ruim, não é mesmo? O ser humano pode mudar a realidade contando apenas com uma idéia. Então, que tal recriar o seu passado a partir do presente e moldar o seu futuro, de acordo com seus ideais?

Está gostando desse artigo?
Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural
Receba Já

*Não vamos distribuir seu e-mail

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural: