Kefir: o probiótico que baixa a sua hipertensão

Maior Menor

Hoje, vou te falar sobre este que é, para mim, o alimento mais saudável que existe que existe: o kefir de leite.

É claro que não há qualquer discussão a respeito de o leite materno ser o primeiro da lista. Mas a lista só começa por ele quando incluímos os bebês, o que não é o nosso caso.

Antes de falarmos mais sobre o kefir, vou resumir um pouco da minha trajetória, para o caso de você ainda não ter lido outro conteúdo meu anteriormente.

Sou ortopedista há mais de 40 anos, pai de 3 filhos e, mais recentemente, me tornei um médico da saúde. Nós, médicos, somos formados para tratar a doença. Eu, por outro lado, acredito no desenvolvimento da saúde.

Cada vez mais, eu me dedico a ajudar as pessoas a conquistarem a saúde para que elas não fiquem doentes. Se você quiser saber mais sobre mim, confira este bate-papo que tive com a Fernanda Aranda ou leia aqui a minha apresentação.

Está gostando desse artigo?
Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural
Receba Já

*Não vamos distribuir seu e-mail

Voltando ao kefir…

Decidi escrever para você porque, vez ou outra, sou perguntado sobre a qualidade deste alimento, uma vez que o consumo de leite tem sido, cada vez mais, discutido pela comunidade médica.

Eu mesmo não tomo leite há anos. Ele foi substituído pelos dois copos de kefir de leite que tomo todos os dias.

E vou te dizer mais: todas as pessoas com intolerância à lactose podem tomar kefir de leite. Ou melhor, 90 por cento das pessoas que têm intolerância à alguma das proteínas do leite tomam o kefir de leite sem sentir qualquer sintoma.

Portanto, se você é intolerante à lactose não haverá nenhum problema porque as colônias do kefir consomem toda a lactose como alimento. E, se você for intolerante a alguma proteína do leite, faça o teste começando por tomar pequenas quantidades no início. Eu sugiro que você faça este teste na sua casa.

Por que posso tomar kefir de leite?

Sabe por que, leitor?

Porque quando você coloca o leite no seu kefir, a colônia de microorganismos formada por lactobacilos e bactérias (aquelas bolinhas) se alimenta da lactose. Ou seja, ela retira a lactose do leite, que fica armazenada na colônia.

O kefir é um probiótico rico em lactobacilos, que têm como uma das suas principais ações alimentar a nossa flora intestinal (chamada de microbiota), essencial para a saúde do nosso intestino.

E ter um intestino saudável é um dos pilares para a conquista da Supersaúde.

(E olha só que legal: um estudo recente da Universidade de Auburn, Estados Unidos, apontou que esta bebida tem efeito positivo contra até hipertensão!)

A colônia também quebra as proteínas e gorduras do leite e o transforma em algo mais digestivo para todos nós.

Devo dizer que é muito difícil que o seu kefir morra. E, se você cuidar da maneira correta dele, você pode se transformar em um doador de kefir na sua cidade.

Eu tenho um ranking dos melhores leites para você alimentar o seu kefir:

  1. O leite direto da vaca, que não sofre nenhum processo de pasteurização ou industrialização. Portanto, se você mora no interior e tem essa possibilidade, sinta-se sortudo;
  2. O leite tipo A. Este leite e retirado e pasteurizado no mesmo local. Eu tenho dificuldades de encontrar este tipo de leite, mas ele é o segundo melhor;
  3. O leite tipo B. Este leite é resfriado após a sua retirada e depois pasteurizado, geralmente em outro lugar. São aqueles leites que compramos no saquinho ou na garrafa;
  4. O leite UHT integral. Esta pode ser a única alternativa para quem vive nas grandes cidades. Utilize-o se não tiver outra opção;
  5. Todos os tipos devem ser integrais. Evite usar os desnatados e semidesnatados.

Veja também: Conquiste a antifragilidade do seu corpo (e permaneça forte a vida toda)

Gostou desse artigo?
Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural
Receba Já

*Não vamos distribuir seu e-mail

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural: