Solução de iodo para tratar hiperplasia, isso é possível?

Maior Menor

Você sabia que é possível tratar a hiperplasia com uma solução de iodo? Mas, antes de explicarmos melhor esse tratamento, precisamos pontuar alguns conceitos.

O que é hiperplasia?

A hiperplasia prostática refere-se a um aumento no tamanho da próstata. Essa é uma condição com características benignas e não possui relação direta com o câncer de próstata. Sabe-se que um dos fatores que influenciam no crescimento da próstata, causa da hiperplasia, é a idade.

O que é a próstata?

A próstata é uma glândula que integra o órgão reprodutor masculino e secreta a maior porção do sêmen, que transporta os espermatozoides durante a ejaculação. Essa glândula fica localizada na base da bexiga, possui cerca de 3 cm de diâmetro e circunda a parte inicial da uretra, canal que leva a urina da bexiga para o pênis.

Afinal, o que causa hiperplasia?

A causa da hiperplasia prostática ocorre devido a uma elevação dos níveis de estrogênio (chamado de hormônio feminino) e, com isso, o órgão fica mais sensível a um derivado da testosterona (hormônio masculino), o DHT (Di-hidrotestosterona), estimulando assim, o crescimento da próstata, causa conhecida como hiperplasia.

Estima-se a hiperplasia atinge cerca de 25% da população masculina com mais de 50 anos e, após os 80 anos, a taxa de incidência chega a 90%.

Embora a hiperplasia não aumente o risco de câncer de próstata, ela pode ser motivo de grande incômodo para os homens.

Possíveis danos causados pela hiperplasia

Quando a próstata cresce, ocorre um comprometimento do reservatório urinário (a bexiga), aumentando a frequência da urina. Além disso, a bexiga fica mais suscetível à formação de divertículos (a tal diverticulite na bexiga), aos cálculos e à dor.

Ainda pode ocorrer um comprometimento da função renal devido às infecções constantes, até chegar à falência total da bexiga.

Como tratar hiperplasia com uma solução de iodo

Existem remédios para tratar a hiperplasia, contudo, eles não estão isentos de efeitos colaterais, podendo alterar a produção de hormônios do homem e provocar “ejaculação seca”.

Porém, existe uma solução de iodo que é capaz de tratar de maneira alternativa e eficaz a hiperplasia: Lugol 5%.

Médico recomendando as soluções para hiperplasia, como a solução de iodo

Uma solução de iodo é um caminho mais efetivo e saudável para o tratamento de hiperplasia

A solução de iodo que trata a hiperplasia

O nome da solução de iodo, Lugol, é uma homenagem prestada ao médico francês Jean Guillaume Auguste Lugol, que, em 1829, teve a brilhante ideia de misturar iodo com iodeto, tornando-o em uma solução de iodo. Naquela ocasião, a solução tinha o papel de desinfetar uma série de coisas. O médico Jean Lugol também testou essa solução de iodo em pacientes com tuberculose. Anos mais tarde, a solução de iodo começou a ser utilizada para o tratamento de hipotireoidismo.

É importante frisar que essa solução de iodo, possível tratamento da hiperplasia, é inorgânica e, por isso, não prejudica a glândula tireoide.

Muitos médicos não recomendam o iodo, uma vez que o iodo orgânico pode ser prejudicial para a tireoide. Por exemplo, um paciente não pode repetir dentro de 3 meses, um exame de laboratório que contenha, no contraste, iodo orgânico.

Entretanto, esta solução de iodo recomendada para o tratamento da hiperplasia é um composto inorgânico, não prejudicando o organismo.

Como a solução de iodo pode ajudar seu organismo

Alguns órgãos do nosso corpo trabalham apenas com iodo, outros órgãos trabalham com iodeto e, por fim, outros trabalham com ambos. Dessa forma, esta brilhante solução de Lugol 5%, a solução de iodo que pode tratar a hiperplasia, auxilia inúmeros órgãos do nosso corpo ao mesmo tempo.

Sabe-se que apenas 3,5% do nosso iodo se encontrá na glândula tireoide, 20% está na pele, outros 25% nos músculos. Além destes, vários órgãos se beneficiam do Lugol: glândulas salivares, esôfago, estômago, mamas, útero, ovários e, claro, a próstata. Assim, a suplementação com Lugol também diminui as incidências de nódulos, fibroses e cânceres de mama, tireoide e próstata.

Outras vantagens da solução de iodo:

  • Protege a pele contra basaliomas e melanomas;
  • Diminui o pH gástrico, facilitando a digestão de proteínas e absorção de aminoácidos (dificultando o aparecimento de osteoporose e sarcopenia);
  • Elimina a pirose gástrica (queimação estomacal que leva o médico a prescrever Omeprazol e piorar todo o quadro do paciente, etc).
omeprazol lugol 5%

A solução de iodo, Lugol 5%, pode ser um caminho para a sua queimação gástrica

Como fazer uso da solução de Lugol 5%?

Deve-se iniciar a suplementação com apenas 1 gota por dia, de preferência, no período da manhã (não precisa ser em jejum). Esta gota de Lugol 5% deve ser diluída em um copo com água.

Mas, apenas uma gota? Sim.

Recomendamos apenas uma gota simplesmente para evitar a reação de Herxheimer, ou seja, algumas pessoas podem ter, nos primeiros dias de suplementação, com doses acima de uma gota, dores nas articulações, dores nos músculos ou mesmo, dores de cabeça. Com essas reações, muitas pessoas desistem da suplementação.

Esta reação de Herxheimer ocorre porque o iodo começa a extrair de nossas células, halógenos como: flúor, cromo e cloro. Quando estes halógenos caem na corrente sanguínea, deflagram estas dores citadas acima.

Por tal motivo, recomenda-se apenas uma gota de solução de iodo na primeira semana de uso. A partir da segunda semana, as pessoas devem aumentar a dose da solução de iodo para 2 gotas.

Crianças com até 12 anos de idade podem fazer uso de Lugol 2%, apenas UMA gota por dia.

As pessoas que utilizam a solução de iodo Lugol diariamente ressaltaram que: a pele melhorou muito, ocorreu a redução de basaliomas, a temperatura corporal aumentou, os cabelos deixaram de cair e a sensação de queimação gástrica desapareceu.

Gostou de conhecer sobre a solução de iodo que pode tratar a hiperplasia? Adote esta recomendação no seu dia a dia e resgate a saúde da sua próstata.

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos
sobre saúde natural: