Pressão alta? Aposte em 5 alimentos ricos em probióticos

Maior Menor
Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Editora

Um novo estudo mostrou que probióticos são eficazes para reduzir a pressão alta. Para aproveitar, veja os alimentos ricos em probióticos que trarão estes benefícios.

Existem mais bactérias do bem — os chamados probióticos — morando no seu intestino do que humanos na Terra. Este exército de, no mínimo, 10 trilhões de micro-organismos, não apenas mantém a saúde equilibrada, como também ajuda a combater uma série de doenças.

Um estudo recém-publicado no científico Journal of Hypertension, da Sociedade Internacional de Hipertensão, mostrou que esses bichinhos também são valiosos para baixar a pressão.

Os participantes receberam os probióticos pela alimentação, o que inclui iogurtes, leites fermentados e suplementos. Isso significa que é possível turbinar o consumo de probióticos de forma simples no dia a dia. Os alimentos a seguir ajudarão nessa missão.

1) Kombucha

Trata-se de uma bebida levemente ácida e saborosa recheada de probióticos. Ela é produzida há séculos no oriente, especialmente na China, a partir da folha do chá verde (Camellia sinensis). Por isso, além dos probióticos, também traz benefícios ligados à planta, como redução do risco de doenças cardíacas. Pode ser encontrado em supermercados.

2) Kefir

Esta iguaria turca é rica em seres que equilibram a microbiota intestinal — ou seja, a população de micro-organismos que habita o trata gastrointestinal. Seu gosto é parecido com o do iogurte, sendo ligeiramente azedo e refrescante.

Além de ser cheio de bactérias do bem, o kefir é fonte de vitaminas B1, B5, B12, K, ácido fólico e biotina, assim como cálcio, magnésio, fósforo e aminoácidos essenciais, especialmente o triptofano.

3) Chucrute

Diretamente da Alemanha, o repolho fermentado também ajuda a povoar a microbiota intestinal. Ótima fonte dos bichinhos, o preparo traz os nutrientes do repolho — incluindo as vitaminas K e C, além de ser aliada no tratamento da úlcera gástrica.

Alimentos do bem, chás e muito mais: conheça aqui o método da nutricionista Lara Gabriela para baixar a pressão alta sem remédios.

4) Kimchi

Viajamos, agora, para a Coreia, de onde essa delícia vem. Este alimento é feito a partir da fermentação de alimentos como acelga, gengibre, algumas pimentas (sim, o kimchi é apimentado!), cebolinha e óleo de gergelim.

5) Vinho

Além de fazer bem para o coração, um bom vinho tinto traz os prebióticos, que nada mais são do que o alimento para os micro-organismos que vivem no intestino. Ou seja, apesar de não ter probióticos, a bebida favorece a microbiota intestinal indiretamente.

Referências:

Effect of probiotics on blood pressure: a systematic review and meta-analysis of randomized, controlled trials. Journal of Hypertension. Link: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25047574/

Probióticos ajudam a combater 9 problemas sérios de saúde. Saúde é Vital. Link: https://saude.abril.com.br/alimentacao/probioticos-ajudam-a-combater-9-problemas-serios-de-saude/

Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Editora

Conteúdos Relacionados