Buscar

Menopausa — As 5 Dúvidas Mais Frequentes e Como Amenizar os Sintomas

menopausa
Maior Menor
Redação Jolivi

Especialista: Redação Jolivi

4 janeiro 2021

Redação Jolivi.

Calores repentinos, oscilação de humor, problemas com a qualidade do sono… Você já passou por isso? Todos esses sintomas fazem parte da tão temida menopausa. 

O término do período reprodutivo de uma mulher vem acompanhado de uma série de mudanças no corpo que ainda geram muitas dúvidas entre aquelas que estão passando por essa fase.

Apesar dessas alterações corporais, não é preciso ter medo. Faz parte de um processo biológico e natural pelo qual todas irão passar. Ao mesmo tempo, não significa que a sua vida para por aí.

O fato de o período reprodutivo ter acabado não coloca um limite intransponível, dizendo, o tempo todo, que você não tem mais idade para fazer certas coisas. Pelo contrário, é possível viver no envelhecimento e continuar produtiva, ativa, interessante e bonita.

Pensando em acabar com os seus receios em relação ao encerramento desse ciclo fértil, a Jolivi selecionou algumas dúvidas para responder e dicas para amenizar os sintomas. Confira!

Menopausa: chegou a hora de voltar a viver sem tanto sofrimento

Atenção mulheres: se você sofre com ondas de calor… insônia… oscilações de humor… falta de libido… quer conhecer um método 100% natural, sem hormônios, para aliviar os sintomas que estão tirando a sua paz?

A Dra. Denise de Carvalho explica todo o passo a passo aqui. Saiba mais

As principais dúvidas sobre a menopausa

A mulher começa a apresentar seus primeiros sintomas da menopausa por volta dos 45 anos, mas esses costumam se intensificar, de fato, a partir dos 50. 

Por outro lado, a expectativa de vida para o sexo feminino no Brasil, segundo dados do IBGE, é de 80 anos de idade. 

Mas o que isso significa? Quer dizer que, depois do final do período reprodutivo, ainda há quase metade de uma vida para ser aproveitada! 

Ou seja: terminar o ciclo fértil é apenas a passagem para uma nova etapa que deve ser abraçada, e não considerada como simplesmente um fim.

Para passar por esse processo de forma mais tranquila, é interessante resolver algumas dúvidas e evitar a desinformação. Veja só as perguntas que selecionamos!

1.Por que acontece a menopausa?

A mulher nasce com uma quantidade de óvulos previamente estabelecida pelo seu organismo. Ao longo de sua vida fértil, eles são liberados mensalmente por meio do processo de ovulação e, se não fecundados, são dispensados pelo corpo por meio da menstruação. 

A menopausa ocorre quando esses óvulos começam a chegar ao fim. É por conta disso que ela marca o término da vida reprodutiva.

2. Quais são os estágios?

O período conhecido como climatério ocorre dos 40 aos 60 anos. Nessa etapa, há uma diminuição da produção hormonal e a menstruação pode acabar em qualquer momento. Dentro desse espaço de tempo, há três fases:

  • perimenopausa: início das irregularidades e dos primeiros sintomas, como é o caso dos fogachos; os famosos calorões. 
  • menopausa: costuma ocorrer entre os 48 e 52, e é marcada a partir do último ciclo menstrual da mulher;
  • pós-menopausa: alteração hormonal e redução da libido.

3. O que causa os sintomas?

As oscilações de humor ou mesmo os calores associados a esse período estão diretamente ligados às alterações hormonais que acontecem no corpo. 

Nessa fase, a produção da progesterona é diminuída, o que afeta, também, a criação de outras substâncias importantes para o organismo, como o cortisol e a testosterona.

Com essa disfunção, você começa a experienciar níveis diferentes de hormônio aos que estava acostumada. Por conta disso, os sintomas aparecem.

Por exemplo: sabe aquela irritabilidade que não estava aí antes? Acontece porque você perde alguns mecanismos antiestresse que fazem parte do seu corpo. Isso faz não só com que haja alterações de humor, mas também aumento da pressão.

Já os famosos fogachos ocorrem por conta da secreção errática de óxido nítrico no seu organismo. O óxido nítrico, um gás presente na atmosfera e produzido naturalmente no nosso organismo, é um dos mais importantes intermediadores de processos celulares e tem participação em todos os sistemas do organismo: nervoso, respiratório, imune e reprodutor. 

4. Como fica a vida sexual depois dos 50?

Por conta dessas alterações hormonais, há uma diminuição na libido, sim. Entretanto, isso não significa que a vida sexual terminou.

Naturalmente ocorre queda na lubrificação vaginal, que pode ser resolvida com o uso de pomadas naturais, óleos ozonizados ou mesmo óleo de coco. Este último deve ser sem sabor e sem cheiro — sem falar que  também tem a vantagem de regular o pH da região!

5. Como aliviar os sintomas da menopausa?

Sabia que existem algumas formas de como reduzir os sintomas? As principais delas são:

  • boa alimentação;
  • prática de exercícios físicos;
  • manter a qualidade do sono.

Para o primeiro ponto, evite o consumo de comidas gordurosas e com baixa carga nutricional. Além disso, procure alimentos que forneçam benefícios relacionados ao término do período reprodutivo.

Que tal fazer um suco rosa? Bata uma beterraba cozida com frutas vermelhas, pitaya, gengibre e água. Esses ingredientes ajudam no controle da pressão e na produção do óxido nítrico.

Outra dica é aumentar o consumo de anti-inflamatórios naturais. Além do gengibre já mencionado, outro poderoso agente é a cúrcuma, também conhecida como açafrão da terra. Ela pode ser usada para temperos ou mesmo como chá.

Nutrientes que também devem fazer parte da sua dieta são:

  • antioxidantes: protege as células saudáveis dos radicais livres;
  • vitamina D: aliada contra a osteoporose, já que as disfunções hormonais também aumentam a fragilidade dos ossos;
  • complexo B: responsáveis pela regulação de substâncias relacionadas ao humor, como dopamina e serotonina.

Já tirou todas as suas dúvidas sobre a menopausa? Conheça o programa Equilibre os Seus Hormônios da Dra. Denise de Carvalho e tenha conteúdos exclusivos sobre o assunto!

Redação Jolivi

Especialista: Redação Jolivi

4 janeiro 2021

Redação Jolivi.

Conteúdos Relacionados