Insônia x obesidade: o que você precisa saber

Maior Menor
Dr. Wilson Rondó

Dr. Wilson Rondó

Médico Cirurgião Vascular e Nutrólogo

CRM: CRM 47078/SP

24 maio 2021

Dr. Wilson Rondó é médico formado em cirurgia vascular e especialista em nutrologia. Em seus 33 anos de profissão, já atendeu 20 mil pessoas. Percorreu diversos países pioneiros na visão integrativa do paciente, como França, Alemanha e Estados Unidos, em busca de respostas para o diabetes e a obesidade.

Dr. Rondó explica a relação entre excesso de peso e noites mal dormidas e apresenta a receita que acaba com os dois problemas

Olá, eu sou o Dr. Rondó.

A cada dia que passa, mais e mais pessoas reclamam de dificuldades para dormir. E sempre ouvimos falar que quando você dorme mal, o excesso de peso pode ser uma das consequências.

Isso ocorre porque o sono ruim está ligado, entre outros fatores, a uma desregulação do apetite. Dessa forma, a pessoa acaba ingerindo mais calorias durante o dia — muitas vezes, alimentos de baixo teor nutricional — e o resultado é o aumento dos números da balança, como era de se esperar. Mas você sabia que o inverso também é verdadeiro?

Pelo menos é o que dizem pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da Pennsylvania, nos Estados Unidos. Eles chegaram a essa conclusão depois de fazer análises utilizando o C. elegans, uma espécie de minhoca microscópica que, segundo os cientistas, é um bom modelo para prever o funcionamento dos mamíferos.

O fato é que eles conseguiram “desligar” geneticamente a capacidade de sentir sono desse ser microscópico, o que gerou uma queda severa nos níveis de adenosina trifosfato (ATP), relacionada à energia do organismo. Isso pode ser uma pista de que uma das funções do sono é conservar energia.

Ou seja, se você já tem energia sobrando, depositada na gordura corporal, adivinha o que acontece? 

Isso mesmo! O corpo sente que não é tão necessário assim manter você dormindo para conservar a energia. Nas palavras do Dr. David Raizen:

Acreditamos que o sono é uma função do corpo tentando economizar energia em um ambiente em que os níveis energéticos estão diminuindo. Nossas descobertas sugerem que, se você jejuar por um dia, poderíamos prever que você poderia ficar com sono por causa dos seus estoques energéticos.

Será que sua insônia está ligada ao excesso de peso?

 

Os pesquisadores alegam que ainda é cedo para dizer que o mesmo que ocorre com os animais da pesquisa ocorre nos seres humanos. Mas se você está passando por dificuldades para dormir, vale a pena considerar regular o seu peso.

Aliás, essa é uma atitude que deve ser tomada independente disso. Ter uma alimentação correta reequilibra não só o seu sono, mas toda a sua saúde. E não estou falando de contar calorias ou usar alimentos light.

 

 

Muito pelo contrário!

 

O melhor a se fazer é uma dieta keto (que você conhece por cetogênica), a que melhor imita como nossos antepassados comiam e que foi útil para nossa evolução.

Trata-se de priorizar gorduras naturais boas, comer proteínas moderadamente, caprichar nos vegetais folhosos e praticamente excluir os carboidratos. 

Metabolizando em cima de gorduras, e não de açúcares e carboidratos. você ganha energia por mais tempo e não precisa fazer “lanchinhos” toda hora.

Nem é preciso dizer que isso simplesmente turbina sua saúde e emagrecimento. Cuidando-se como um todo, o seu sono certamente também será melhor. Pode apostar!

Eu lhe desejo dias melhores,

Dr. Wilson Rondó Jr.

Fonte:

Referências bibliográficas:

  • Jeremy J. Grubbs, Lindsey E. Lopes, Alexander M. van der Linden, David M. Raizen. A salt-induced kinase is required for the metabolic regulation of sleep. PLOS Biology, 2020; 18 (4): e3000220 DOI: 10.1371/journal.pbio.3000220.
  • University of Pennsylvania School of Medicine. “Link between obesity and sleep loss: Energy conservation may be a major function of sleep, according to new study in worms.” ScienceDaily. ScienceDaily, 22 April 2020.

 

A solução para derreter sua gordura e outras 97 curas naturais

Receba GRATUITAMENTE o livro que vem mudando tudo o que se sabe a respeito das curas naturais. Basta passar um endereço válido no país para ter na estante da sua casa soluções eficazes e livres de efeitos colaterais para perda de peso, hipertensão, Diabetes, artrite e dezenas de outros problemas de saúde.

Reserve aqui seu exemplar gratuito
Dr. Wilson Rondó

Dr. Wilson Rondó

Médico Cirurgião Vascular e Nutrólogo

CRM: CRM 47078/SP

24 maio 2021

Dr. Wilson Rondó é médico formado em cirurgia vascular e especialista em nutrologia. Em seus 33 anos de profissão, já atendeu 20 mil pessoas. Percorreu diversos países pioneiros na visão integrativa do paciente, como França, Alemanha e Estados Unidos, em busca de respostas para o diabetes e a obesidade.

Conteúdos Relacionados