Buscar

QUER TER ACESSO GRATUITO E VITALÍCIO À BIBLIOTECA DA SAÚDE NATURAL?

* Não vamos distribuir seu e-mail

Câncer

O Câncer (ou neoplasia maligna) é a denominação utilizada pela ciência e medicina para classificação de um enorme conjunto de doenças que possuem a mesma característica de surgimento: o crescimento e multiplicação anormal e desordenado das células

As células são pequenas unidades, presentes em todos os organismos vivos, que exercem diferentes funções de acordo com sua localidade e estrutura. Em suas atividades, costumam desenvolver as capacidades de divisão e multiplicação, porém, de forma controlada, ao contrário do que acontece nos casos de desenvolvimento de câncer  

As células cancerosas são aquelas que desempenham essas atividades de maneira excessiva devido a mutações e alterações no DNA da célula, ocasionando a formação de tumores que invadem e atrapalham o funcionamento de tecidos e órgãos do corpo.

Os diferentes tipos de câncer são correspondentes às localidades em que as células cancerosas se encontram e os tipos de tumores podem ter suas atividades diferenciadas em mais ou menos agressivos.

Apesar da possibilidade de se desenvolverem a partir de qualquer órgão do corpo, alguns órgãos são mais comumente afetados do que outros. Cada tipo e localidade de câncer gera sintomas específicos, e muitos podem permanecer desapercebidos enquanto a doença não atinge seu grau avançado. Entretanto, os mais comumente relatados são: inchaço, presença de nódulo, infeções frequentes, dor, fadiga e perda de peso.

O câncer é a segunda doença que mais mata em todo o mundo, sendo responsável por cerca de 9,6 milhões de mortes por ano. O Inca (Inca Instituto Nacional de Câncer) estima que com o envelhecimento da população, a  incidência de câncer alcance um total de 600 mil novos casos por ano.

As causas dessa mutação são diversas, podendo ocorrer devido à questões internas como hormônios, condições imunológicas, envelhecimento e mutações genéticas, e também externas como, por exemplo, a radiação ultravioleta, o cigarro, alguns vírus e outros elementos classificados como carcinogênicos. 

Contudo, nós, estudiosos da Jolivi, defendemos que o fator que mais influencia a manifestação e evolução do câncer, em qualquer região do organismo, é a desnutrição. Isso porque, as células param de produzir energia em quantidade suficiente e, desta forma, estimulam as mutações.

Hoje em dia, graças aos avanços na medicina, receber o diagnóstico de câncer não é mais sinônimo de sentença de morte. Pois, já existem diversos tratamentos que estimulam a qualidade de vida do paciente.

Pensando em auxiliar nosso leitores, selecionamos abaixo conteúdos sobre compostos bioativos fundamentais para nutrição, prevenção e tratamento do câncer.

Esses compostos, combinados aos tratamentos tradicionais de quimio e radioterapia, atuam em todas as fases do câncer, aliviando sintomas e fortalecendo o organismo. Acompanhe:

Outras Categorias