Buscar

Depressão tem cura? Conheça 1 remédio natural e 1 hábito simples

Maior Menor
Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Editora

Depressão, ansiedade e até alcoolismo cresceram na pandemia. Existe saída? Especialista aponta remédios naturais para ansiedade e outros males.

Reunir-se com os amigos ou familiares — seja em casa ou na mesa do bar — faz parte da cultura brasileira. Talvez por isso tenhamos sentido tanto o baque do isolamento social durante a pandemia do coronavírus.

Segundo estudo conduzido pela Universidade de São Paulo (USP) em onze países, o Brasil lidera o ranking de nações com mais casos de ansiedade (63%) e depressão (59%). Os sintomas ficaram ainda mais explícitos em mulheres, jovens, pessoas que perderam o emprego e/ou com algum histórico de transtorno mental.

Para suportar a dor, cada um pede ajuda em um lugar. Há quem recorra às bebidas: o alcoolismo cresceu na pandemia, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

É aqui que entram as recomendações do Dr. Nelson Annunciato, neurocientista e especialista Jolivi que atravessou a depressão com seu próprio método — apresentado no programa Liberte Sua Mente.

Sabemos que, quando se está com depressão, falta vontade de fazer grandes mudanças no estilo de vida. Por isso, o programa apresenta substâncias naturais, suplementos e mudanças simples que ajudarão a combater a depressão, ansiedade, insônia e afins, melhorando a qualidade de vida.

Aqui, você conhece uma erva e um hábito fácil de colocar no dia a dia para lidar com a depressão.

AVISO: Em alguns casos, especialmente os mais graves, é preciso recorrer às medicações. Se você estiver tomando algum medicamento, não pare por conta própria. Converse com seu médico de confiança e apresente essas soluções, seja para redução da dosagem ou mesmo total desmame, dependendo do seu estado clínico.

Fitoterápicos como a erva-de-são-joão ajudam a lidar com sintomas da depressão e ansiedade

Remédios naturais para depressão

Segundo o Dr. Nelson Annunciato, existem fitoterápicos tão eficientes quanto medicamentos para tratar depressão, insônia e ansiedade. Uma delas é a erva-de-são-joão (Hypericum perforatum), que aumenta a disponibilidade de neurotransmissores como a serotonina, responsável por regular o humor, o sono e até a libido.

O seu uso detalhado está descrito no ebook “4 fitoterápicos melhores do que antidepressivos”, disponível para membros do programa Liberte Sua Mente. Lá, também há exemplos de outros remédios naturais para ansiedade e depressão.

Apesar de poderosos, esses fitoterápicos não devem ser usados como substitutos do antidepressivo ou ansiolítico por conta própria. Converse com seu médico.

Meditação contra depressão e ansiedade

Um estudo chamado “Finalmente estar em paz comigo mesmo”, publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine, dá pistas de como a prática meditativa ajuda a aliviar quadros de depressão leves a moderados.

Os participantes que meditaram experimentaram serenidade, estado de calma, habilidade de colocar limites e a sensação de estarem mais presentes no atual momento, com interações mais conscientes. Eles também revisitaram padrões de vida do passado e do presente, o que os levou a refletir sobre seus próprios valores.

Essas e outras soluções contra depressão, ansiedade e insônia estão no programa Liberte Sua Mente. Conheça aqui.

Referências:

Brasil lidera casos de depressão na quarentena, aponta pesquisa da USP. CNN.

Nelson Annunciato, Programa Liberte Sua Mente. Jolivi.

Bringmann HC, Vennemann J, Gross J, Matko K, Sedlmeier P. “To Be Finally at Peace with Myself”: A Qualitative Study Reflecting Experiences of the Meditation-Based Lifestyle Modification Program in Mild-to-Moderate Depression. J Altern Complement Med. 2021 Jun 29. doi: 10.1089/acm.2021.0038. Epub ahead of print. PMID: 34185550.

Ana Paula de Araujo

Ana Paula de Araujo

Editora

Conteúdos Relacionados