Buscar

Conheça os benefícios da Aloe Vera para sua saúde

Aloe Vera em pedaços
Maior Menor
Carlos Schlischka

Carlos Schlischka

Médico Especialista em Saúde Integrativa

CRM: CRMMT 2187/ CREMESP 42.892

26 fevereiro 2021

Dr. Carlos Schlischka é formado pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, tem mestrado pela USP-RP e quase 35 anos de prática clínica. Especialista em Medicina Regenerativa e Acupuntura, além de um grande estudioso nos campos da Nutrição e da Fitoterapia

A planta que vamos abordar aqui é tão popular quanto controversa.

A aloe vera, muito conhecida como babosa, tem efeitos comprovados para gastrite, diabetes, infecções e até para o câncer.

Porém, ela apresenta toxicidade importante em doses moderadas e pelo uso prolongado e interno, claro.

Dentre os riscos, exagerar na dose, como tomar mais de um suco por dia, por dia, pode prejudicar o fígado ou trazer outros sintomas como diarreias, vômitos e cansaço excessivo.

Isso significa que você não poderá usá-la? NÃO!!!

Mas você deve seguir à risca as doses recomendadas e observar as possíveis reações no seu organismo a partir do primeiro dia de uso.

 

Conteúdos relacionados

 

Se usada corretamente, a babosa por fazer muitas coisas pela sua saúde e até a indústria farmacêuticas já sabe disso, incluindo a aloe vera em muitas de suas composições.

Antes de pensar em testar o uso desta substância já manipulada pela indústria, é aconselhável que você procure marcas confiáveis do mercado brasileiro e que estejam devidamente aprovadas para a ingestão pelos órgãos responsáveis.

Agora vamos ao que diz a ciência.

Os benefícios da Aloe Vera

Auxilia no refluxo, gastrites e úlceras

Em caso de gastrites e úlceras, a Aloe Vera tem uma ação anti-inflamatória e cicatrizante da parede do estômago.

No caso de refluxo esofágico, a babosa também teve um uso bastante eficiente.

Um estudo iraniano, publicado em 2015 no Journal of Traditional Chinese Medicine, analisou o efeito do Aloe Vera, de um tradicional prazol e de uma outra medicação comumente utilizada nestes casos.

Foram selecionados 79 indivíduos que apresentavam sintomas de refluxo gastroesofágico. Eles foram divididos randomicamente em três grupos e analisados por quatro semanas.

Os cientistas puderam observar que o Aloe Vera apresenta efeitos positivos no refluxo, ajudando a reduzir os sintomas de desconforto dessa condição, como regurgitação, queimação e até náusea.

É interessante porque o extrato de Aloe Vera tem o potencial de tamponar e alcalinizar o estômago temporariamente, sem afetar a produção ácida diária.

As recomendações são do consumo de 30 mL do xarope de Aloe Vera à noite, próximo à hora de dormir.

Aloe Vera controla a glicemia

E não é só para o estômago que essa planta se mostrou fantástica.

Em diversos estudos, a aloe vera é apontada como eficaz para controle da glicemia.

Veja este por exemplo realizado na Índia, que mostrou que o suco de babosa em pacientes diabéticos reduziu e controlou os níveis glicêmicos e os triglicerídeos.

Neste estudo foi usada uma colher de sobremesa de babosa (gel extraído direto da planta) duas vezes ao dia pelo prazo de duas semanas.

Já num estudo mexicano, mulheres com síndrome metabólica que tomaram o suco por quatro semanas tiveram o índice glicêmico controlado com muita eficiência.

Você acaba de ganhar o Livro Diabetes Zero!

O segredo para você reverter a sua glicemia alta está no Livro Diabetes Zero que você acabou de ganhar de presente.

Clique aqui para garantir o seu exemplar físico

Ação bactericida, virucida e fungicida

Ela tem uma ação de combate ao norovírus, que geralmente é encontrado em vegetais mal higienizados, que podem causar gastroenterite, uma infecção no estômago muito forte, que pode levar à hemorragia.

Pesquisadores da Coreia do Sul colocaram esse vírus em contato com o extrato de aloe vera, que foi capaz de neutralizar a ação do vírus.

Por isso, pode-se fazer o uso desta planta sobre alimentos que ainda serão lavados.

Por essas ações contra agentes externos se dá a fama da babosa também sobre a pele, no combate de micoses e frieiras. E até sobre os dentes, podendo ser utilizada como enxaguante bucal.

Pode inibir vários tipos de câncer

Já esclarecemos os cuidados que se deve ter com o uso da babosa, mas é inegável também seu potencial antitumoral, podendo inibir vários tipos de câncer.

Em um estudo realizado no Egito, a Aloe Vera foi capaz de combater células de carcinoma hepatocelular, que ataca o fígado, ao provocar a apoptose (suicídio) dessas células doentes.

Já pesquisadores de Taiwan sugerem que que a emodina, substância anticâncer presente no Aloe vera, representa um novo candidato a fármaco quimioterapêutico para o tratamento do carcinoma gástrico humano.

Agora que você sabe os benefícios da Aloe Vera, confira outros remédios naturais no blog da Jolivi.

Carlos Schlischka

Carlos Schlischka

Médico Especialista em Saúde Integrativa

CRM: CRMMT 2187/ CREMESP 42.892

26 fevereiro 2021

Dr. Carlos Schlischka é formado pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, tem mestrado pela USP-RP e quase 35 anos de prática clínica. Especialista em Medicina Regenerativa e Acupuntura, além de um grande estudioso nos campos da Nutrição e da Fitoterapia

Conteúdos Relacionados