Como Aliviar Os Sintomas Da Fibromialgia?

Maior Menor
Redação Jolivi

Redação Jolivi

1 março 2021

Redação Jolivi.

O número de pessoas com fibromialgia está crescendo cada vez mais. Mesmo sendo comuns entre mulheres, existem muitos homens apresentando os sintomas dessa doença. 

A fibromialgia está relacionada às reações psicofisiológicas, ou seja, se você é uma pessoa que sofre de estresse e de insônia, a frequência e a intensidade da dor podem ser maiores. 

Além disso, existe outra questão também ligada ao surgimento dessa doença. 

 

Conteúdos recomendados

 

Para você entender, vamos começar falando dos neurotransmissores. Eles são substâncias químicas que enviam informações para outras células do organismo. Entre elas, podemos citar a serotonina, que influencia diretamente no seu humor. Ou seja, quanto maior o índice dela no seu corpo, mais feliz você está. 

Mas, quanto menos serotonina você tiver, maiores as chances de ficar triste e, até mesmo, apresentar um quadro de depressão. 

E, afinal, o que isso tem a ver com a fibromialgia? Como isso ajuda a aliviar os sintomas?

A quantidade de serotonina existente no nosso corpo, por trazer felicidade, regula a nossa dor. Com isso, se nós tivermos pouca serotonina, sentiremos mais dor, mas, se temos uma quantidade maior, teremos menos dor. 

Conseguiu entender? Vamos te explicar melhor. 

Quando o quadro de fibromialgia aumenta, tornando-se mais intensivo e forte, significa que você teve a diminuição da serotonina no seu corpo, levando a sentimentos de tristeza e, com isso, aumentando a sensação de dor. 

Por isso, é fundamental saber que a maior quantidade de serotonina, hidratação, exercícios físicos e outros métodos podem  ajudar a aliviar os sintomas dessa doença. Listamos alguns deles para você entender melhor!

Métodos para aliviar os sintomas da fibromialgia

Para saber como aliviar os sintomas da fibromialgia, o primeiro passo é identificar que você tem a doença. 

Existem 18 pontos predeterminados no nosso corpo, porém cerca de 11 deles precisam ter uma dor que persiste por pelo menos três meses para ser caracterizada como fibromialgia. 

A partir disso, se começar a ocorrer o aumento da dor, você provavelmente dormirá menos, produzindo pouca melatonina e, consequentemente, entrando em um ciclo vicioso. 

Então, dentre outras medidas para o alívio das dores, a mais comum é a suplementação com melatonina, juntamente com um acompanhamento médico. 

Além disso, lembra que falamos da serotonina? Para aumentá-la em seu organismo e ajudar a sentir menos incômodos, algumas dicas são:

  • ingerindo alimentos ricos em triptofano, como banana, leite, cereais integrais, nozes, abacate, entre outros.
  • tomar sol entre 15 e 30 minutos diariamente, ajudará a aumentar a vitamina D e, consequentemente, haverá o aumento na quantidade de serotonina. 
  • utilizar suplementos, como 5-HTP facilitará o acesso ao sistema nervoso, fazendo com que o nível de serotonina seja elevado. 

Mas, não é só isso! Há ainda outros métodos para aliviar os sintomas de fibromialgia. Confira!

Tratamento para fibromialgia

 1. Magnésio

Dentre todas as qualidades do magnésio, ele consegue relaxar a musculatura. Por isso, é recomendado a sua ingestão no período da noite. O magnésio é encontrado em diferentes tipos de alimentos, como abacate, nozes, peixe, couve, entre outros. 

Mas como ele funciona? O magnésio consegue dilatar as artérias, diminuindo a sua pressão arterial, evitando outras dores decorrentes do aumento da pressão. 

Além disso, ele irá estabilizar a função cardíaca e cerebral, fazendo com que seu corpo e cérebro estejam em sintonia, para maior possibilidade da diminuição das dores.

Uma boa opção para o usá-lo como alívio para os sintomas da fibromialgia é a utilização de óleo de magnésio. Para fazer o óleo, você precisará de um copo com mais ou menos três dedos de magnésio e adicionar uma pequena quantidade de água, tornando a mistura uma substância pastosa. 

Fazendo isso, poderá aplicar essa pasta nos locais do seu corpo que estão mais doloridos, agindo como uma absorção transdermal através da pele.  

Utilizar  sal rosa do Himalaia, também ajudará na diminuição da dor, pois também possui magnésio. 

2. Hidratação

Os sintomas de fibromialgia têm ligação com a falta de hidratação, ou seja, aquelas pessoas que bebem pouca água, normalmente, sentem mais dores. 

Por isso, uma das possibilidades para ajudar nos sintomas é aumentar a quantidade que você ingere esse líquido.

3. Atividade física

Uma questão muito importante para diminuir os sintomas da doença e até mesmo preveni-la é realizar atividades físicas.

É muito comum que pacientes que sentem dor deixem de fazer um determinado movimento. No entanto, é fundamental que essas pessoas se movimentem dentro dos seus limites. 

A atividade física, além de melhorar a vascularização e oxigenação do seu corpo como um todo, aumenta a produção de serotonina — que te contamos lá em cima!

4. Meditação

Tente meditar! Não só para aliviar os sintomas de fibromialgia, mas também para ter uma vida sem dor, recorrente de reações emocionais. 

Aproveite a tranquilidade do seu lar para trabalhar a respiração e ter pensamentos mais positivos. 

5. Chás

Existem dois chás que podem te ajudar a dormir melhor e, consequentemente, ter menos dores. Além de serem ótimos para a fibromialgia, poderão trazer mais calma e tranquilidade em dias difíceis.

Por isso, faça a ingestão do chá de banana e melissa. Isso fará com que seu cérebro se comporte de maneira mais leve e tenha noites de sono reparadoras. 

6. Acompanhamento médico

Ter um acompanhamento médico diante dessas situações é de extrema importância, pois é o profissional que irá te indicar os suplementos certos e os exercícios a serem realizados, além de te explicar melhor as características dessa doença no seu corpo. 

A utilização de medicações sem prescrição médica pode ocasionar em uma piora na doença, além de proporcionar efeitos colaterais por conta de componentes existentes nas suas fórmulas. 

Quer ter mais conteúdos sobre esse tema? No programa Vida Sem Dor, você encontrará conhecimentos para quem deseja tratar e saber mais sobre amenizar e reverter dores de cabeça e no corpo.

Dor na coluna e nas articulações? Cuidado...

Se você toma anti-inflamatórios ou está considerando fazer uma cirurgia por causa da sua dor, experimente antes esta técnica comprovada e que não coloca seu corpo em risco.

Clique aqui para conhecer esta técnica
Redação Jolivi

Redação Jolivi

1 março 2021

Redação Jolivi.

Conteúdos Relacionados