Chega de fumar consumindo tomates

Maior Menor

Eu sei que parar de fumar não é uma coisa fácil. Espero, no entanto, que acompanhando a Jolivi, você perceba que esse vício – totalmente compreendido pelo nosso time e, de nenhuma forma, julgado – funciona como um agente de queda de qualidade de vida e, principalmente, potencializador de doenças.

Estamos aqui para te acolher, motivar e ajudar.

Mais de 4.700 substâncias

Um único cigarro, leitor, contém mais de 4.700 substâncias nocivas à saúde, como solventes orgânicos, metais pesados, materiais radioativos, ácidos e inseticidas.

O componente mais nocivo é a famosa nicotina. É ela a responsável por causar dependência química, que vai te deixar cada vez mais vinculado ao cigarro e exposto à todas as substâncias danosas.

Portanto, se você está na tentativa de parar de vez com o cigarro e não tem conseguido, eu vou te dar algumas dicas que aprendi com o Dr. Carlos Schlischka, nosso médico da saúde natural.

As pedras no meio do caminho

Os primeiros 30 dias sem fumar costumam ser árduos, mas a “fissura”, o mais difícil de se controlar e que, felizmente, é fugaz, decresce progressivamente com passar do tempo. Portanto, ter paciência com o seu organismo é fundamental.

Veja a lista que o Dr. Carlos fez com os sinais da abstinência do tabaco. Você se enquadra nisso?

Sintomas da abstinência

– dor de cabeça;

– tontura;

– irritabilidade;

– ansiedade;

– agressividade;

insônia;

– dificuldade de concentração;

– má digestão;

– por vezes, constipação intestinal e outros.

O grau é variável e, de acordo com o nível de dependência e o estado de saúde, os sintomas vão diminuindo progressivamente de intensidade e, geralmente, desaparecem entre 2 a 4 semanas.

A opção de fumar cigarros de baixos teores não é uma boa alternativa. Dessa forma, você acaba fumando mais, uma vez que eles te satisfazem menos.

Não tente substituir o cigarro por outros tipos de consumo de tabaco. Todos são prejudiciais, inclusive o cigarro eletrônico.

Para combater a fissura, o Dr. Carlos te passou essas dicas. Conheça os demais efeitos da nicotina e das outras mais de 4.700 substâncias no seu organismo, assinando o Dossiê Saúde Essencial.

Está gostando desse artigo?
Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural
Receba Já

*Não vamos distribuir seu e-mail

Para parar de fumar…

Veja só:

– Atividade física (a melhor é a aeróbica): diminui a vontade de fumar e ajuda a controlar o peso;

– Beba sempre muita água e consuma frutas cítricas (limão, laranja), pois diminuem o desejo de fumar;

– Masque cravo da Índia, beba água gelada, chupe gelo e respire fundo várias vezes;

– Evite café, chocolate e bebidas alcoólicas, pois estimulam a vontade de fumar;

– Acupuntura é muito eficiente no combate à fissura;

– Praticar Yoga ajuda muito;

– Fitoterapia.

Coma tomate

Uma recente pesquisa publicada do European Respiratory Journal mostra que alto consumo de frutas e, principalmente, de tomates atrasa a perda da função pulmonar, um dos sinais de que a vida está chegando ao fim.

Neste estudo, os pesquisadores analisaram 680 indivíduos de três países participantes da Comunidade Europeia de Pesquisa de Saúde Respiratória. Os participantes responderam um questionário e passaram por um exame chamado espirometria, que permite o registro de vários volumes e dos fluxos de ar por meio de um aparelho chamado espirômetro.

Os nutrientes antioxidantes de frutas e do tomate são a razão para um declínio mais lento das capacidades pulmonares, mesmo naquelas pessoas que, um dia, foram fumantes.

Portanto, leitor, que tal acrescentar ou mesmo aumentar o consumo deste ingrediente tão versátil nas suas refeições?!

Veja também: O segredo dos franceses para longevidade

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural: