Aumento da depressão entre jovens: por que isso é um sinal de alerta?

depressão na juventude
Maior Menor
Redação Jolivi

Redação Jolivi

19 agosto 2021

Redação Jolivi.

A depressão atinge mais de 300 milhões de pessoas ao redor do mundo, segundo estimativa da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Apesar de ser mais comum em adultos e idosos, esse problema é cada vez mais presente entre os jovens nos últimos anos. E os dados indicam isso

*produzido pela redação Infovital

Em 2019, o Sistema Único de Saúde (SUS) divulgou um levantamento mostrando que, entre 2015 e 2018, o número de atendimentos ambulatoriais e internações relacionados à depressão na faixa etária de 15 a 29 anos, cresceu 115%. É uma estatística assustadora quando comparada ao crescimento entre a população em geral, indicado pelo mesmo estudo, que foi de 52%.

O Dr. Nelson Annunciato mostra como treinar o seu cérebro a combater o Alzheimer

A situação acabou se agravando com a pandemia. De acordo com um estudo de junho de 2020 do Mental Health Foundation (MHF), instituição do Reino Unido que trata de saúde mental, os participantes de 18 a 24 anos apresentaram mais sentimentos de desesperança, solidão e outros sintomas depressivos do que qualquer outro grupo etário…

Para ler essa matéria na íntegra, clique aqui e acesse o portal Infovital, parceiro Jolivi.

Redação Jolivi

Redação Jolivi

19 agosto 2021

Redação Jolivi.

Conteúdos Relacionados