8 regras para fazer o Cristiano Ronaldo e trocar a Coca-Cola por água

Maior Menor
Mirela Leme

Mirela Leme

Coordenadora editorial

15 junho 2021

Coordenadora editorial

Viu que a Coca-Cola perdeu 4 bilhões de dólares depois de o CR7 recusar a bebida em troca de água? Veja aqui o guia para receber os melhores benefícios da água para a sua saúde

Olá, leitor, já tomou seus 2 litros de água hoje? 

O Cristiano Ronaldo, provavelmente, sim.

Depois de o jogador afastar garrafas de Coca-Cola e trocá-las por água durante uma entrevista coletiva da Eurocopa na última segunda-feira (14), a gigante perdeu 4 bilhões de dólares na bolsa.

Para ser três vezes melhor do mundo, o CR7 provavelmente deixou Coca-Cola e muitas outras comidas inflamatórias de lado.

O jogador, que na segunda-feira fez sinal de que água é melhor que refrigerante, já havia dito em outra ocasião que não gosta que os filhos tomem refrigerante. 

E você, pronto para trocar a Coca-Cola por água?

Não é nenhuma novidade que o consumo de Coca-Cola, Pepsi e outros refrigerantes similares são um risco para a sua saúde.

Você sabe bem a quantidade de açúcar que tem ali.

O ex-farmacêutico Niraj Naik publicou em 2015, no blog Truth Theory, uma imagem clara do que acontece com o seu organismo depois que você bebe uma Coca-Cola.

As informações foram publicadas pelo jornal Daily Mail, do Reino Unido, e em muitos veículos de comunicação.

Aqui, vou reproduzir as constatações do ex-farmacêutico:

Fontes da imagem: https://truththeory.com/ e https://www.terra.com.br/


Se o Cristiano Ronaldo e o Dr. Niraj Naik o convenceram a não tomar mais Coca-Cola, o Dr.
Carlos Schlischka me ajudou a criar o guia a seguir.

Segue o jogo…

O segredo para você reverter a sua glicemia alta está no Livro Diabetes Zero que você acabou de ganhar de presente.

8 regras para fazer o Cristiano Ronaldo e trocar a Coca-Cola por água

 

  1. Segundo a Organização Mundial de Saúde, um homem adulto deve tomar 2,5 litros de água por dia e uma mulher 2,2 litros de água por dia;
  2. 40% dos brasileiros estão desidratados;
  3. Quanto mais velhos somos, menos água temos no corpo. Ou seja, precisamos de mais água;
  4. Compre água em garrafas de vidro;
  5. Garrafas de plástico liberam bisfenol A, um disruptor endócrino. Quando comprar água de plástico, dê preferência à produção mais perto da sua cidade possível;
  6. Verifique o rótulo: as melhores águas têm PH acima de 7,5, até o PH 14;
  7. Em casa, tenha filtro de barro brasileiro. Ele é reconhecido mundialmente como o melhor filtro, porque ele retém até as micropartículas de plástico;
  8. Até a tecnologia te ajuda a beber água. Se você não tem o hábito de beber água durante o dia, baixe o aplicativo gratuito Beber Água, ele está disponível tanto para Android, quanto para iOS.

Saúde!

 

 

 

Mirela Leme

Mirela Leme

Coordenadora editorial

15 junho 2021

Coordenadora editorial

Conteúdos Relacionados