Buscar

7 alimentos que ajudam na prevenção do câncer

Maior Menor
Dr. Naif Thadeu

Especialista: Dr. Naif Thadeu

Médico Cirurgião e Especialista em Nutrologia

18 junho 2020

Com mais de 20 anos de experiência. Uma das maiores autoridades em Saúde Natural, palestrante de congressos nacionais e internacionais, faz pesquisas na área e ainda tem ligação direta com uma parte importante da História da Alimentação.

A alimentação é um dos grandes pilares para se ter saúde e, também, um caminho muito importante na prevenção e no tratamento do câncer.

Veja o que foi publicado no PubMed que exemplifica perfeitamente o que quero dizer.

Em neoplasias malignas de câncer na cabeça e no pescoço, por exemplo, cerca de 40% dos pacientes estavam desnutridos antes do diagnóstico e do tratamento.

Outro estudo, feito pelo Instituto Ludwig de Pesquisa do Câncer, vinculado à Universidade de Oxford, demonstrou que a falta de nutrientes incentiva as células tumorais a adquirir caráter agressivo, aumentando as chances de metástase.

No entanto, todos os pacientes que chegaram até mim, depois de pularem de médico em médico, desconheciam que há uma forma de se alimentar que pode barrar o câncer ou que existem alimentos específicos capazes de destruir células doentes.

Há muita desinformação sobre o câncer. E o meu objetivo aqui é quebrar esse tabu e mostrar os caminhos alternativos para encarar essa doença de forma mais natural e segura.

 

Conteúdo recomendado:

 

Por isso, listei alguns alimentos cientificamente comprovados na prevenção do câncer para você incluir no seu dia a dia e reforçar seu organismo contra a doença.

Veja quais são eles:

7 alimentos poderosos contra o câncer

1. Quiabo

O quiabo é, há muitos anos, uma figura carimbada na culinária típica de Minas Gerais e do Nordeste. De gosto adocicado e textura viscosa, a famosa baba, é parte de pratos famosos como frango com quiabo e caruru.

No entanto, o vegetal esconde uma poderosa ação em benefício da saúde.

Além de ser rico em fibras, vitamina A, B6, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, sódio e potássio, ele carrega uma proteína chamada de lectina que diminui o risco do crescimento de células cancerosas.

Um estudo feito em tubos de ensaio, pela Universidade Federal de Pelotas, mostrou que essa substância pode impedir o crescimento do câncer de mama em até 63%.

O quiabo também pode fortalecer a sua imunidade, já que ele também é rico em Vitamina C. Em 100 g do alimento cozido há cerca de 16 mg dessa vitamina.

Melhor forma de consumir

Se você não gosta muito da ideia de comer o quiabo cru, fique tranquilo, mesmo cozido, ele continua sendo altamente nutritivo.

Não ultrapasse a quantidade de 1 xícara de quiabo por dia porque o alimento também é rico em oxalato e pode contribuir para a formação de pedras nos rins.

Você também pode consumir a água de quiabo. Veja a receita:

2. Coentro

Essa erva aromática, odiada por alguns e amada por muitos, proporciona muitos benefícios à saúde, incluindo no combate ao câncer.

Coentro possui:

  • Vitamina C: melhora a imunidade e diminui o estresse.
  • Vitamina K: essencial para a coagulação sanguínea e a saúde dos ossos.
  • Luteína e Zeaxantina: São dois poderosos antioxidantes e importantíssimos para a saúde dos olhos.

Por si só, os antioxidantes têm um papel fundamental no combate ao câncer.

Mas as ferramentas do coentro contra o câncer vão além de seus antioxidantes.

Um estudo feito na Malásia utilizou raízes em pó, folhas e caules do coentro e mostrou que o tempero teve uma dupla função sobre células de um câncer de mama.

Além de proteger o DNA das células saudáveis, sugerindo seu potencial na prevenção do câncer, o coentro também impediu que houvesse migração das células doentes para outros tecidos, ou seja, as folhas agiram na inibição de metástases.

Melhor forma de consumir

Ele pode ser ingerido in natura ou seco. Ao comprar as folhas in natura, opte por aquelas mais frescas com cor verde vivo e sem manchas.

Coentro, um dos alimentos que ajudam na prevenção do câncer

Coentro é um dos alimentos que ajudam na prevenção do câncer!

3. Cúrcuma

Turmérico, açafrão-da-terra, açafrão-da-índia, raio-de-sol, gengibre amarelo. Todos esses nomes diferentes se referem a um mesmo tempero cujo nome científico é Curcuma longa.

Usada há centenas de anos na culinária da Índia, é muito mais do que um tempero. Nela existe uma substância chamada curcumina, que apresenta inúmeras propriedades terapêuticas.

Atuando como poderoso antioxidante e anti-inflamatório, a curcumina é associada ao tratamento de diversos cânceres.

Um estudo realizado por pesquisadores indianos e americanos analisou o efeito da curcumina em células de carcinoma oral provenientes de HPV.

Mais de 85% das células doentes morreram sob sua ação após três horas de contato.

A curcumina ainda é uma das poucas substâncias existentes que atua nas três fases do câncer: bloqueia a iniciação, a promoção e a progressão da doença.

Melhor forma de consumir

Claro que você pode usar açafrão na preparação de diversos pratos e até em bebidas, mas para ter uma ação do açafrão ainda mais eficaz, é possível fazer a suplementação.

Opte sempre pelas cápsulas de farmácias de manipulação que vão oferecer extrato seco padronizado de açafrão.

Em cápsulas com extrato seco padronizado, a concentração de curcumina, princípio ativo da cúrcuma, é muito maior.

4. Óleo de Coco

Além de ser uma das melhores fontes de energia sem se depositar no organismo, o óleo de coco, além de ser um superalimento, é uma grande armadura do sistema imune.

Em contato com o estômago, o ácido láurico se transforma em monolaurina e que age como parasiticida, bactericida, fungicida e um virucida.

Óleo de coco, um dos alimentos que ajudam na prevenção do câncer

Muito querido pelos especialistas da Jolivi, o óleo de coco fortalece a imunidade e evita o aparecimento de células cancerígenas

Um estudo realizado pela Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, mostrou que a ação da monolaurina sobre a bactéria H. pylori, um dos causadores do linfoma gástrico (tumor mais raro), é de 40 minutos.

Melhor forma de consumir

O óleo de coco e a banha do porco são as únicas gorduras que podem ser aquecidas para fazer frituras. O óleo de coco pode, inclusive, ser reaproveitado.

E, além de ser usado para fritar alimentos, o óleo de coco pode ser misturado ao café pela manhã ou adicionado no seu suco detox.

5. Chá verde

Nativo da China e da Índia, O chá verde é produzido a partir das folhas da planta Camellia sinensis.

A planta, já muito associada a um estilo de vida mais saudável, possui grande quantidade de antioxidantes, cafeína, aminoácidos, vitaminas B, E, C, cálcio, magnésio, zinco, potássio e ferro.

Mas diversos estudos já relacionam o chá verde no combate ao câncer em todos os estágios: iniciação, promoção e propagação.

Seu poder está numa substância chamada catequina, um antioxidante que inibe o crescimento dos tumores, além de reduzir a possibilidade de metástases e de forçar as células cancerígenas a acionar mecanismos de morte, um processo chamado apoptose.

Segundo um estudo feito por cientistas da Universidade de Swansea, no Reino Unido, as nanopartículas derivadas das folhas da Camellia sinensis – usada para fazer o chá-verde – podem inibir e destruir as células cancerígenas do pulmão.

Com a espessura de um fio de cabelo, as nanopartículas foram capazes de penetrar nos nanoporos das células cancerosas e destruir 80% delas.

Outro estudo, da Universidade Harvard, comprovou que as mulheres que bebiam mais chá verde tinham um risco de 20 a 30% menor de desenvolver câncer de mama.

Melhor forma de consumir

Chá verde pode ser consumido quente ou frio. Mas também há a versão em cápsulas.

Para o chá sempre utilize uma colher de sobremesa de planta picada para cada xícara de água.

Não ultrapasse três xícaras ao dia. Quantidades excessivas podem prejudicar os rins devido a quantidade de oxalato (em excesso, pode causar cálculos renais).

6. Alho

Além de deixar os pratos mais saborosos e marcantes, o alho tem uma poderosa propriedade antifúngica e antibiótica. A alicina – ingrediente ativo do alho – já foi comparada em alguns estudos à penicilina.

Mas ele também pode agir ativamente para diminuir o risco de desenvolver algum tipo de câncer.

De acordo com estudo publicado pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, em 2002, o risco de homens que comem mais alho desenvolverem câncer de próstata é 50% menor que dos que quase não comem este alimento.

Foram examinadas as dietas de 230 homens com câncer de próstata e de outros 471 que não tinham a doença.

Aqueles que comem mais de dez gramas de alho/dia têm menos chances de desenvolver a doença.

Melhor forma de consumir

Esse remédio natural é bem antigo e você já deve ter visto alguém da família ingerindo um dente de alho com um copo d’água pela manhã. Saiba que eles estavam quase certos.

A alicina é mais bem aproveitada com o alho cru, mas para que ele libere suas propriedades curativas é necessário que ele seja macerado.

Você pode consumi-lo puro de manhã, com uma pequena colher de limão ou incluí-lo cru em suas saladas.

Você também pode consumir a água de alho durante o dia.

Aprenda sobre os benefícios da água de alho e a receita completa com Prof. Daniel Forjaz:

7. Mirtilo

Também conhecido como blueberry, possui uma substância bem interessante que age contra a neoplasia maligna: os bioflavonoides.

Os bioflavonoides – ou vitamina P – são compostos solúveis em águas, geralmente encontrados na polpa de frutas e vegetais.

São poderosos antioxidantes e já foram comprovados pela ciência que são efetivos antialérgicos, anti-inflamatórios, anti-hemorrágicos, antivirais e imunomoduladores (controlam o sistema imune).

E no caso do câncer, o mirtilo é rico em um tipo específico de flavonóide, a antocianina, que atua nas 3 fases mais importantes para coibir o ciclo do tumor:

  • Na prevenção, já que inibe o crescimento celular desordenado;
  • No tratamento, uma vez que promove a parada de ciclo celular quando ele já está desordenado.
  • Na manutenção e para evitar recidivas, já que induz as células cancerígenas a cometerem “suicídio”, em um processo chamado apoptose celular.

Melhor forma de consumir

Consuma uma xícara de mirtilo fresco diariamente.

Viu como há muitos alimentos que podem ajudar a prevenir e até reverter o câncer? Espero que essas informações tenha te ajudado.

Dr. Naif Thadeu

Especialista: Dr. Naif Thadeu

Médico Cirurgião e Especialista em Nutrologia

18 junho 2020

Com mais de 20 anos de experiência. Uma das maiores autoridades em Saúde Natural, palestrante de congressos nacionais e internacionais, faz pesquisas na área e ainda tem ligação direta com uma parte importante da História da Alimentação.

Conteúdos Relacionados