2 plantas e 1 óleo para aliviar os sintomas da menopausa

aliviar-os-sintomas-da-menopausa
Maior Menor
Fernanda Mayane

Fernanda Mayane

29 julho 2021

Redatora

É possível amenizar os sintomas da menopausa com soluções naturais cientificamente comprovadas; confira indicações de médica e de nutricionista da Jolivi

A menopausa é o nome dado à última menstruação. O “evento fisiológico” marca a interrupção da fase reprodutiva da fase da mulher e acontece geralmente entre os 45 e 55. Mas antes e depois da última menstruação — fase chamada de climatério —, mulheres são acometidas por uma série de sintomas que variam entre ondas de calor, secura vaginal, alterações de sono e alteração de humor. Evidências científicas apontam um caminho além das estratégias já conhecidas.

Atualmente o tratamento mais conhecido para alívio dos sintomas é a terapia de substituição hormonal (TRH). Ela funciona como repositor de hormônios perdidos durante este período. Embora seja popular e reconhecida como eficaz, um estudo da Women ‘s Health Initiative aponta que a terapia pode aumentar o risco de câncer de mama, doenças cardíacas e câncer de ovário.

Creio que você já deve ter ouvido falar que os sintomas da menopausa são um fato consumado na vida das mulheres e que não há para onde correr durante este período. Entretanto, conversei com duas especialistas da Jolivi e quero te contar que, SIM, é possível viver bem antes e depois da menopausa e, o melhor, de forma natural.

Confira a lista com duas ervas e um óleo essencial:

#1: Erva-de-São-Cristóvão

 

Erva-de-São-Cristóvão

Nativa da América do Norte, a erva-de-São-Cristóvão que é utilizada para tratar distúrbios de sono, inflamações e dores, também pode ser uma grande aliada durante a menopausa.

Um estudo realizado pelo Department of Clinical and Experimental Endocrinology avaliou 62 mulheres no período de menopausa. Durante três meses, elas tomaram diariamente um comprimido contendo 40mg da erva.

Durante o estudo, as mulheres registraram os sintomas em um diário. No fim da análise, percebeu-se, pelos registros, a redução de queixas relacionadas ao climatério, como as ondas de calor nas participantes. Essa é uma das ervas indicadas pela Dra. Denise de Carvalho no programa Equilibre seus Hormônios.

 

Como se libertar dos hormônios da menopausa de forma 100% natural

 

#2: Ginseng coreano vermelho

 

Ginseng Vermelho

O ginseng coreano vermelho é conhecido na medicina oriental por auxiliar no sistema imunológico, reduzir estresse, diabetes e, tratar o coração, entre outros. Os nutrientes encontrados em suas raízes são repletos de vitamina B1, B2 e B3, agindo no metabolismo da glicose, dos ácidos graxos e aminoácidos.

Além disso, sua raiz possui poderes afrodisíacos, que foram comprovados num estudo publicado no Journal of Sexual Medicine . Durante o estudo, 28 mulheres na no climatério menopáusicas ingeriram três cápsulas (1g de ginseng por cápsula) por dia durante duas semanas.

Ao fim da análise, o extrato da planta melhorou as pontuações no FSFI, um ( índice de função sexual feminina) aumentando a excitação sexual das participantes.

#3: Óleo essencial de sálvia

 

Óleo essencial de sálvia

Oriunda da Europa e da Ásia ocidental, a sálvia-esclaréia (Sálvia sclarea) além de fazer parte da culinária em alguns países, também possui poderes medicinais surpreendentes.

Seu óleo essencial é utilizado desde a antiguidade, pelos povos romanos e egípcios. Eles tinham a crença de que a planta possuía poderes de fertilidade. As propriedades medicinais deste óleo variam entre: relaxante, antiséptica, aromática e antidepressiva.

Mas, aqui, os holofotes vão para a redução dos sintomas relacionados à menopausa, como o estresse e as mudanças de humor.

 

As plantas que funcionam melhor do que drogas!

 

Para analisar este fator, um estudo feito pelo College of Pharmacy examinou 22
mulheres na casa dos 50 anos, separadas em dois grupos. O grupo 1 tinha tendência à depressão, o grupo 2, não.

Durante a análise, os dois grupos inalaram o óleo essencial de sálvia-esclaréia enquanto os pesquisadores observaram a manifestação de hormônios e neurotransmissores. Ao fim da observação, percebeu-se que após a inalação os níveis de cortisol (o hormônio do estresse) diminuíram significativamente no grupo 1 (com tendência à depressão), enquanto não houve mudança no grupo 2.

O mesmo foi percebido nos níveis de serotonina (o neurotransmissor da felicidade e prazer) que teve aumento no grupo com tendência à depressão

Se você deseja potencializar ainda mais os poderes deste óleo, a nutricionista especialista em fitoterapia Lara Gabriela Cerqueira indica um plus para turbinar esses efeitos.

Junte o óleo essencial de sálvia-esclaréia ao óleo de hortelã que, além da sensação de refrescância, pode potencializar a ação do primeiro óleo.

Aromatizador: aproximadamente 15 gotas Banhos: 20 gotas após encher a banheira dissolvidas em uma colher de sopa de óleo vegetal, mel ou vinagre orgânico de maçã Compressa: 5 a 10 gotas em 1/2 litro de água Inalação: 2 gotas em um lenço ou inalador com soro fisiológico ou água Massagem: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal Óleo para rosto: 1 gota em 1 colher de sopa de óleo vegetal Óleo para cabelos: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal ou shampoo Uso tópico: 5 gotas por colher de sopa de óleo vegetal Óleo vegetal pode ser: óleo de coco, óleo de semente de uva, azeite de oliva..

Precauções: O óleo essencial de sálvia-esclaréia não apresenta contraindicações específicas, mas seu uso deve ser evitado na gravidez e em crianças, bem como em pessoas alérgicas a um ou mais componentes presentes na sua essência. Já o de hortelã, por conter mentol, deve ser evitado em áreas muito sensíveis da pele.

Referências

  •  Kotchen JM, Ockene J; Writing Group for the Women’s Health Initiative Investigators. Risks and benefits of estrogen plus progestin in healthy postmenopausal women: principal results From the Women’s Health Initiative randomized controlled trial. JAMA. 2002 Jul 17;288(3):321-33. doi: 10.1001/jama.288.3.321. PMID: 12117397.

 

  • Lee KB, Cho E, Kang YS. Changes in 5-hydroxytryptamine and cortisol plasma levels in menopausal women after inhalation of clary sage oil. Phytother Res. 2014 Nov;28(11):1599-605. doi: 10.1002/ptr.5163. Epub 2014 May 7. Erratum in: Phytother Res. 2014 Dec;28(12):1897. PMID: 24802524.

 

  • Oh KJ, Chae MJ, Lee HS, Hong HD, Park K. Effects of Korean red ginseng on sexual arousal in menopausal women: placebo-controlled, double-blind crossover clinical study. J Sex Med. 2010 Apr;7(4 Pt 1):1469-77. doi: 10.1111/j.1743-6109.2009.01700.x. Epub 2010 Feb 5. PMID: 20141583.

 

  • Wuttke W, Seidlová-Wuttke D, Gorkow C. The Cimicifuga preparation BNO 1055 vs. conjugated estrogens in a double-blind placebo-controlled study: effects on menopause symptoms and bone markers. Maturitas. 2003 Mar 14;44 Suppl 1:S67-77. doi: 10.1016/s0378-5122(02)00350-x. PMID: 12609561.
Fernanda Mayane

Fernanda Mayane

29 julho 2021

Redatora

Conteúdos Relacionados