Solução natural para a sua dor nas costas

Maior Menor

Quem acompanha os conteúdos da Jolivi sabe que nós abordamos bastante a temática da dor. (Sabia que gengibre pode amenizar as dores?) E neste mundo dolorido, como me disse a Nivia, nossa editora, existe uma que é bem democrática. É aquela que atinge 80% da população mundial de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Acertou quem pensou dor nas costas. Quem nunca sentiu uma dor na lombar ou aquele incômodo cervical? Não conheço ninguém 100% imune! Então, além deste pequeno texto, preparamos um vídeo exclusivo que você não pode perder para mudar a sua rotina de dor. Também aproveito a oportunidade e sugiro que você conheça o Dossiê Saúde Essencial clicando no botão abaixo.

QUERO CONHECER O DOSSIÊ

Minha solução

Não pense que só quem está “ficando velho” é o alvo da dor nas costas. Todo mundo – desde os seus filhos até seus bisavôs – pode estar sentindo neste momento. E, confesso, leitor, que eu também não tenho uma postura muito boa. Mas estou tentando criar o costume de sentar com coluna reta e sem cruzar as pernas. Até para dormir eu mudei de posição por sempre acordar com muitas dores pelo corpo. Agora, se for para dormir de lado, preciso colocar o travesseiro entre as pernas.

Ah, é bom também, fazer alongamentos antes e depois de dormir. Aqui vai uma dica minha que aprendi com uma fisioterapeuta: deite de costas, coloque os joelhos em direção de peito e vá esticando uma perna, depois a outra.

Outro exercício que é bom fazer que aprendi com minha mãe, é fazer abdominal. Se você tem abdômen forte, não sobrecarrega a lombar e assim, evita os sintomas ruins e as dores diminuem. Esta também é o mantra da Fernanda Ferrairo, aquela médica que foi vítima de um erro na cirurgia e deu entrevista bem reveladora para a Jolivi.

Além disso, se a dor persistir, eu aconselho ir para acupuntura. Como sou de família asiática, desde criança faço algumas sessões de agulhas e, juro, melhora rapidinho e acredito que pode te ajudar bastante também.

Quando a dor é mais séria

Bom, se você foi diagnosticado com algum problema na coluna, respeite os seus limites e também aqueles impostos pelo seu médico. É melhor tomar cuidado do que ficar com coluna travada.

Se você puder, invista dinheiro em um bom tênis. Assim, quando você praticar o seu exercício (seja ele qual for), o impacto será absorvido como se deve. Converse com o seu ortopedista e veja o que ele acha dessa possibilidade.

Falando em conversa…

Fica o convite para você assistir este Café com Saúde que a Nivia fez com Philipe Lagrimante, educador físico e instrutor de pilates. Os dois conversaram sobre as dores na coluna e o Philipe ainda ensinou alguns exercícios bem bacanas que podem ajudar a aliviar e prevenir as dores, principalmente quem trabalha sentado por muito tempo.

Insira seu e-mail e receba nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural: